Revisão do FGTS

Revisão do fgts é a revisão que pode ser efetuada, atualmente, de acordo teses já desenvolvidas para ajuizamento, apresentando 4 (quatro) modalidades a saber :
a) dos expurgos inflacionários de jan/89 e abr/90
b) ação do INPC em lugar da TR a partir de 1999
c) para quem já recebeu os expurgos inflacionários de jan/89 e abr/90
d) para quem já recebeu os expurgos inflacionários de jan/89 e abr/90, mas recebeu a MENOS do que o devido (e ainda nem sabe disso) por acordo ou liquidação judicial.

Nossas recomendações para advogados e trabalhadores beneficiários das contribuições são apresentadas a seguir.

Da demonstração do valor pleiteado
A demonstração do valor inicial e evolução dos saldos mês a mês deve ser apresentada na inicial de propositura da ação. Isto porque, quando do ajuizamento frente a CEF, esta apresentará somente o resultado de seus cálculos e não haverá detalhamento destes procedimentos efetuados por parte da CEF.
Nós faremos este cálculo de instrução da inicial para você ou seu advogado, de forma que possa pleitear o valor que entende devido.
Nos casos daqueles trabalhadores beneficiários que já receberam da CEF via acordo ou liquidação de sentença (item “d”, acima citado) é fundamental a conferência para verificar se a CEF pagou o valor a que o trabalhador tinha direito, visto que poderá ainda reclamar eventual diferença.
É comum por parte da CEF, como tem sido observado, que realiza o cálculo dos expurgos inflacionários de forma parcial, isto é, não incluindo todos os percentuais reivindicados. Como a CEF apresenta o resultado final de seu cálculo, sem planilha demonstrativa detalhada, não é possível verificar por simples leitura da planilha se todos os percentuais pleiteados foram contemplados.
É necessária também a atualização por ocasião da liquidação de sentença.

Das questões de direito discutidas
Como peritos, nos cabe a função financeira, isto é quantificação.
Cabe aos advogados definir as questões de direito, da doutrina e da jurisprudência. Estas tem que ser adequadas para cada ação individual, e, portanto, nossos cálculos se adaptam à estas especificações individuais. Consulte a respeito. Estamos à disposição para os esclarecimentos que se fizerem necessários a fim de que a adequação seja o mais perfeita possível.

Dos documentos necessários para análise
Extrato do FGTS (de preferência, o extrato analítico fornecido pela Caixa Econômica Federal).
Para os casos de valores já recebidos da CEF, recomenda-se solicitar ao gerente geral da agência, único autorizado a esse acesso, a impressão da tela de consulta denominada “0.7”, ou modelo anterior.

Do custo da planilha de revisão do FGTS

O custo da planilha de revisão do FGTS é de R$ 80,00 para os expurgos inflacionários do Plano Verão e Plano Collor.

O custo da planilha de revisão do FGTS é de R$ 80,00 para as diferenças a partir de 1999.

Para os advogados que entrarem em contato e se cadastrarem para cálculos a patir de 2 clientes há desconto.

Estamos à disposição dos trabalhadores e advogados.  Aguardamos seu contato.